facebook_pixel

Envio missionário: sendo relevante no preparo

 março 14, 2017
 1
14 março 2017

O Brasil é considerado hoje uns dos países que mais envia missionários e entendemos que o envio deve, antes de qualquer coisa, ser baseado na palavra de Deus. A benção da igreja é importante, mas o envio também consiste em preparo, cuidado e relacionamento. Fatores estes que refletem no trabalho feito, podendo prolongar o tempo de vida útil do missionário no campo, evitando frustrações e desistências ao longo da trajetória missionária.

Ser acompanhado, viver em comunidade e conhecer um pouco do contexto no qual será inserido é tão importante quanto outras questões de nosso caráter que precisam ser moldados no dia a dia.

“Às vezes, a pessoa tem muita desenvoltura na prática, mas teologicamente falando, ainda é leiga, por isso são importantes parcerias que orientem os missionários em relação ao preparo”, explica o pastor Luiz Renato Maia, diretor nacional da MAIS.

Fazendo um paralelo, Maia compartilhou um trecho de uma de suas pregações que retrata a importância de estar preparado. “Quando Deus chamou Davi para combater Golias, Davi já havia sido forjado no campo com pastoreio, lidando com ursos e leões, sempre com cuidado, a partir da missão a qual lhe foi confiada.  Antes de ser rei, foi pastor de ovelhas, fazendo com zelo o que foi chamado, sem perder o foco. Temos que lembrar que existe um preparo, que precisa ser bem feito para marcarmos a história e não sermos apenas uma estatística boa ou ruim”.

Assim como Davi, cada um de nós é forjado todos os dias. Deus tem trabalho em nossos corações, nos preparado para sermos resposta. “O crente, quando é chamado, tem uma sede de querer resolver o problema, e pensamos que vamos resolver os problemas do mundo. Temos essa sede, e ela não é pecaminosa, é bem intencionada, mas precisamos ter discernimento para ela não sobrepor o tempo de Deus, senão o missionário vai sem preparo, sem cuidado, sem contextualização”, explica Maia.

Ore conosco para que todos entendam a importância do preparo e, o quanto isso é importante para a vivência do missionário no campo.

*Foto: Warren Wong

One response on “Envio missionário: sendo relevante no preparo

  1. Mila disse:

    Excelente texto! Obrigada por compartilharem, tempo oportuno para mim.

    Só uma dúvida, qual é o dado que fundamenta questão do Brasil ser um dos países que mais envia missionários? Já pesquisei esse tipo de coisa mas nunca encontrei nada confiável. Se puderem compartilhar… Obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares
Share This
MAIS no Mundo